Mitobusters, os mitos da desfibrilhação - #2

Sabia que

É obrigatório chamar o 112, mas em caso de paragem cardiorrespiratória ligar só não chega!
Na presença de uma pessoa inconsciente e que não respira é fundamental que sejam iniciadas de imediato manobras de suporte básico de vida (compressões torácicas e ventilações) e se possível que seja utilizado um desfibrilhador. A probabilidade de sobrevivência das vítimas diminui 7 a 10% por cada minuto que passa sem manobras de reanimação, a partir dos 5 minutos verificam-se danos neurológicos e para lá dos 10 minutos a vida é incompatível. É pouco provável que o 112 consiga chegar em tempo útil, por isso a única esperança poderá estar nas suas mãos.





Partilhe